quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Esse merece nosso respeito!


Lindomar Barbosa é filho de Aroeiras, nascido no Sítio Trapiá de Cima, é funcionário da Câmara Municipal de Aroeiras(concursado), reside em João Pessoa e todos os finais de semanas vai cumprir seu expediente na entidade ao qual é servidor.
Nessa linha histórica da trajetória de Lindomar, ele desenhou um sonho em rabiscos no papel e a cerca de dois anos começou a executá-lo. Para isso precisou da ajuda de várias pessoas e entidades para tornar realidade o tão sonhado plano. "Para que um grande sonho se torne realidade, você precisa primeiro de um grande sonho". Hans Seyle.
O passo inicial foi conseguir um local onde pudesse executar as atividades do sonho. Conseguiu um espaço dentro da Câmara e reformou, pintou, azulejou, iluminou, colocou computadores, impressoras, conseguiu papel, camisas, realizou inscrições e concretizou o sonho...criou o CENTRO DE INCLUSÃO DIGITAL DE AROEIRAS.
Um espaço popular, especialmente para pessoas de menor porte financeiro, aprenderem a usar os mecanismo disponibilizados nos terminais de computadores ligados a rede mundial de internet, o curso vai para a sua segunda edição e mais de cento e cinquenta inscrições foram feitas. Todos os participantes recebem certificados de conclusão.
A manutenção do curso é realizado por pessoa voluntárias e o material utilizado nas aulas são de doações. Entidades colaboram, como é o caso da própria Câmara Municipal a APAE, entre outras.
Um exemplo a ser seguido.
Caio Simplício
Blog Aroeiras Hoje

Read more

Professores em assembleia decidem reforçar açãFederal para garantir FUNDEF 60% em Santa Rita

Em mais uma assembleia extraordinária realizada no sindicato dos servidores públicas de Santa Rita-PB, com os professores incluso no precatório do FUNDEF 60%, referente entre os anos de 2003 a 2006 trabalhados e não recebidos decidiram impetraram com mais uma ação Federal para reforçar e garantir o referido pagamento a categoria, que cujo recurso se encontra bloqueado sub judice e iminente a liberação a pagamento, foi o que disse a assessoria jurídica do sindicato dos servidores nesta segunda-feira (17) ás 10hs, em sua sede no Centro.
“A assembleia foi interessante e muito proveitosa que todas as dúvidas em relação ao precatório dos professores ás informações foram retiradas e, daqui para frente é seguir com as atividades jurídicas para que no ponto de vista jurídico a justiça obrigue a prefeitura de Santa Rita cumprir a Lei do FUNDEF, que os recursos que adentraram no município em decorrência do precatório não seja dada a finalidade diversa daquela que não só  Lei do FUNDEF que prevê também a sentença proferida pelo Juiz Federal que ficou vinculado e que o recurso seria para educação depositado na conta do FUNDEF respeitado estritamente que tem como finalidade o professores 60% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação”, declarou o advogado do sindicato Vandalberto de Carvalho.
O advogado Vandalberto de Carvalho disse ainda que daqui para frente vai provocar a justiça Federal para que o recurso seja depositado na conta especifica do fundo que o prefeito respeite o que foi acordo firmado na gestão passada entre a prefeitura de Santa Rita e o sindicato, que 60% FUNDEF seriam destinado ao pagamento da remuneração do professor no período de 2003 a 2006, frisou o advogado Vandalberto de Carvalho.
De acordo também com a sindicalista Lêda dos Santos afirmou que na próxima assembleia que será realizada amanhã será colocada em pauta sob a possibilidade de um ato público enfrente a Procuradoria da República para sensibilizar o novo procurador a ler atenciosamente ao peito dos professores que trabalharam quatro anos sem remuneração que referente aos anos de 2003 a 2006 que o custo aluno foi acrescido pelo senso da educação e não foi repassado e que a prefeitura não repassou para compensar o salário do professor, disse Lêda dos Santos.
FONTE PARAÍBA URGENTE
Read more

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Secretário Aléssio fala ao Projeto FILTECOM sobre "OS"

A aluna Ester Bezerra Vieira da Silva do 1º do ensino médio da Escola Integral Compositor Luiz Ramalho, participante do Projeto FILTECOM, entrevistou o Secretario de Educação do Estado da Paraíba, o Professor Aléssio Trindade na manhã de hoje dia 11 de setembro.
Ester perguntou ao Secretário sobre como o Governo está vivenciando este momento com a implantação da parceria com as Organizações Sociais que desde o dia primeiro de de setembro desde ano assumiram os serviços de apoio direto nas Escolas Estaduais.
Segundo o Secretário as OSs vieram para melhorar a qualidade do serviço de apoio direto das Escolas públicas do Estado, pois como a maquina administrativa de uma forma geral, é por si só burocrática, alguns pequenos serviços, como por exemplo a limpeza de um espaço dentro das unidades de ensino, demoravam a ser realizados devido a todo o processo burocrático que impedia a agilidade para a execução de uma tarefa simples e prática. Afirmou o Secretário.
Perguntado ainda sobre o programa Gira Mundo, segundo Ester o Secretário afirmou ser uma das grandes ações da educação  no Estado da Paraíba, pois oferece ao alunado e professores a oportunidade de um intercâmbio com um dos melhores e quase perfeita Educação no mundo, praticada na atualidade, que é a da Filândia.
Caio Simplício
Blog Aroeiras Hoje
Read more

Alunos do Projeto FILTECOM fazem cobertura de evento da Secretaria de Educação

O grupo de alunos da Escola Integral Compositor Luiz Ramalho, participantes do Projeto FILTECOM(Filosofia Tecnologia e Comunicação), na coordenação do Professor e Advogado Tiago Daniel, estiveram presentes no evento realizado hoje dia 11 de setembro,  no Centro de Formação de Professores em Mangabeira.
Segundo informações obtidas através do Professor Tiago Daniel, o objetivo do Projeto é fazer com que os alunos possam se aperfeiçoar na escrita e leitura, exercitando a criação de textos escritos em um ambiente criado na web com a finalidade especifica para postagens.
No evento realizado pelo Governo do Estado, que teve a finalidade de entregar diplomas de conclusão dos cursos do PRONATEC na Paraíba, várias autoridades se fizeram presentes além do Governador Ricardo Coutinho, o Secretário de Educação do Estado e vários deputados.
Acompanhando os alunos da Escola Compositor Luiz Ramalho esteve presente o Diretor Administrativo professor Paulo.
Caio Simplício
Blog Aroeiras Hoje.
Read more

sábado, 9 de setembro de 2017

Vereador da Oposição diz que projeto está cheio de erros e explica polêmica

Vejamos o que disse o vereador Bebeto Souza:

"Amigos Aroeirenses, venho através das redes sociais depois de analisar varias postagens e comentários, fazer alguns esclarecimentos sobre o projeto 109/2017, primeiro gostaria de dizer que nenhum vereador da oposição é contra as obras que venham a ser executadas no nosso município pois se tratam em sua maioria de recursos Federais que visam o desenvolvimento do município de Aroeiras, porém, não podemos votar projetos complexos, cheios de erros e más intenções que chegam a câmara um dia ou até uma semana antes sem um olhar criterioso, fazer isso seria no mínimo irresponsável, nós vereadores da oposição fomos eleitos para fiscalizar os atos do executivo e assim o faremos, mesmo a contra gosto de alguns. Vamos aos fatos:
1 — O Prefeito num único projeto, pede que a câmara autorize ele a gastar e mexer no orçamento em várias áreas da administração, Saúde, Educação, infra estrutura…, como também usar recursos de diversas fontes, (emenda parlamentar, FNDE, FUNDEB).
2 — CRÉDITO ESPECIAL, só se pede quando não existe no (orçamento) dotação orçamentária para determinadas despesas. Como assim? As obras que o prefeito cita no projeto todas já estão em andamento, inclusive como citado no projeto algumas em fase de conclusão e até com recursos do governo Federal já liberados, Por que não consta dotação no orçamento desse ano? Será por incompetência de quem elaborou o orçamento?
3 — O prefeito coloca como “casca de banana” no projeto, pedido para usar 400Mil Reais oriundos do precatório do FUNDEB, Recurso novo, que segundo o TCU(tribunal de contas da união) tem que ser utilizados exclusivamente na educação, “http://portal.tcu.gov.br/…/tcu-determina-que-recursos-do-fu…”, o prefeito diz que tal pedido é dos 40%, mas existem alguns professores que recebem pelos 40%. Pois bem! Prefeito o que o Sr. Pretende fazer com esse recurso do precatório do FUNDEF/FUNDEB(60% e 40%)? Nós Vereadores, os funcionários da educação e todos os munícipes, merecem um esclarecimento.
Por ultimo, no art. 4° do referido projeto diz que “a lei entrará em vigor na data de sua aprovação, retroagindo todos os efeitos jurídicos a 01-08-2017, por qual motivo o prefeito quer anular os efeitos jurídicos? Será que o Sr. prefeito já vem gastando o recurso sem a devida aprovação desse projeto?
Meus amigos, mais uma vez venho reiterar que nós Vereadores da oposição, Eu Bebeto, Elves, Amaury, Novinho e Mário Barbosa, nunca seremos contra qualquer obra ou ação que venha há ser em prol do desenvolvimento de Aroeiras, agora, não seremos irresponsáveis de votar um projeto sem os devidos esclarecimentos e a total transparência, para que possa ficar claro aos olhos da população e estaremos na câmara em horário regimental para debater e votarmos esse ou qualquer outro projeto, mas antes precisamos saber como irá ser destinado esses recursos recém chegado do FUNDEF/FUNDEB, no qual já vem pedindo crédito especial. No mais um fraterno abraço a todos e que tenhamos o devido discernimento!"

Fonte Redes Sociais.
Read more

Um recorte para 2020

Um ditado popular afirma que a política é como carnaval no Rio de Janeiro, tão logo termina um, inicia-se o outro. Nesse ritmo e a mais de três anos das eleições municipais as previsões de aglomerar condições que fortaleçam os grupos que visam manter-se ou conquistar o poder se configuram.
Segundo as informações das redes sociais o suplente de vereador Léo, do PT do B, esteve prestigiando o desfile de 07 de setembro, chegando a registrar fotos ao lado do Prefeito Mylton Marque, do Vice Prefeito Jailson Andrade e alguns vereadores da situação.
Tudo muito normal se não fosse o fato de que o suplente de vereador concorrera nas ultimas eleições municipais, coligado no palanque adversário do atual prefeito Mylton Marques.
Entendemos assim que a visita do suplente ao palanque no dia 7 de setembro tenha cunho eminentemente de adesão ao governo do prefeito Mylton.
Sabemos que Mylton não concorrerá mais a reeleição, e o mérito nesse caso, fica na autoria do vice prefeito Jailson Andrade, que tem seu nome lembrado para concorrer nas eleições municipais vindouras ao cargo de prefeito.
Caio e Tiago Simplício.
Blog Aroeiras Hoje.
Read more

TCU determina que recursos do Fundeb só podem ser aplicados na área da Educação


O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que recursos dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) só podem ser aplicados na área da Educação. A decisão também proíbe pagamentos de honorários advocatícios com esses recursos.
Vários municípios brasileiros têm recebido precatórios da União, emitidos para complementar a cota federal que formava o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), no período de 1998 até 2006, quando o Fundef foi substituído pelo Fundeb.
O Fundef recebia recursos dos Estados, dos municípios e, quando o montante não atingia um valor mínimo por aluno, a União fazia a complementação. O Ministério Púbico Federal de São Paulo propôs ação contra a União ao constatar que ela repassou valores inferiores ao que seria devido.
O processo julgado, nesta quarta-feira (23), pelo TCU teve origem na representação elaborada por órgãos que formam a Rede de Controle da Gestão Pública do Maranhão, como Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado do Maranhão (MPE-MA) e Ministério Público de Contas do Maranhão (MPC-MA). De acordo com essas instituições, 110 municípios maranhenses firmaram contratos com apenas três escritórios de advocacia, sem licitação, para pleitear as diferenças da complementação devidas pela União ao Fundef. Os honorários contratuais correspondem a 20% do montante dos valores a serem recebidos pelos municípios.
Apenas no Maranhão, as prefeituras receberam, aproximadamente, R$ 7 bilhões.  Desse valor, R$ 1,4 bilhão seria destinado ao pagamento dos honorários dos três escritórios de advocacia contratados.
“São gravíssimas as irregularidades tratadas neste processo, uma vez que privam as gerações atuais e futuras do acesso ao ensino qualificado, proporcionado pela União, com a transferência complementar de recursos, em virtude do desvio das verbas constitucionalmente destinadas ao ensino, a pretexto de honorários de advogado e outras aplicações irregulares”, proferiu em seu voto o relator do processo, ministro Walton Alencar Rodrigues.
No entendimento do relator do processo, o pagamento de quaisquer honorários de advogados com tais recursos, ou a destinação desses valores para outras áreas da ação municipal, mesmo que de relevante interesse público, como a construção de estradas ou saneamento básico, constituem ato ilegal, ilegítimo e antieconômico.
 O Tribunal determinou recolhimento integral dos valores relativos aos precatórios à conta bancária do Fundeb, a fim de garantir que essa verba seja investida apenas em sua finalidade específica e possibilite a rastreabilidade da aplicação desses recursos. Os municípios que já utilizaram o dinheiro em outras áreas terão que devolver o valor gasto para a conta do fundo.
Caso as prefeituras não comprovem a recomposição dos recursos, o Tribunal adotará as providências para a instauração de Tomada de Contas Especial (TCE), fazendo incluir, no polo passivo das TCEs, o gestor responsável pelo desvio, o município que tenha sido beneficiado pelas despesas irregulares, além de todos que tenham contribuído para a prática do dano ao erário.
 TCU – Plenário
Read more

Municípios da Paraíba receberam mais de R$ 83 milhões de repasse do FPM nesta sexta-feira


As prefeituras receberam nesta sexta-feira (8)  o repasse do 1º decêndio do mês de setembro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor será de R$ 2.128.554.107,33, já descontada a dedução do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
A Paraíba soma aproximadamente R$ 83,6 milhões em repasses nesta remessa, em valores brutos. João Pessoa recebe R$ 9,1 milhões, enquanto os demais municípios R$ 74,4 milhões.
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informou que, em valores brutos, isto é, incluindo a dedução do Fundeb, o montante repassado será de R$ 2.660.692.634,16. De acordo com os dados do FPM, quando comparado o 1º decêndio de setembro de 2017 com o mesmo período do ano passado, o valor repassado apresentou crescimento de 14,80% em termos nominais, ou seja, levando em conta os valores sem considerar os efeitos da inflação.
Na situação em que é considerada as consequências da inflação, o valor real da transferência do 1º decêndio de setembro em relação ao mesmo decêndio de 2016 apresentou crescimento de 12,14%.
Repasses neste ano
Ainda de acordo com o que foi repassado ao longo de 2017, a CNM destaca que o montante do FPM transferido aos Municípios de janeiro até o 1º decêndio de setembro totaliza R$ 66,316 bilhões. Esse valor corresponde a um aumento de 11,65% em relação ao montante transferido aos Municípios no mesmo período do ano anterior, sem considerar os efeitos da inflação.
A entidade reforça que no cálculo desse montante é levado em consideração o repasse de 1% de julho, previsto na Emenda Constitucional 84/2014 que foi de R$ 3,999 bilhões repassados aos Municípios. No caso de considerar os efeitos da inflação, o Fundo acumulado em 2017 apresenta crescimento de 7,60 % em relação ao mesmo período do ano anterior.
Diante disso, a CNM ressalta que apesar dos números positivos para esse primeiro decêndio de setembro comparado com o mesmo decêndio do ano passado, os gestores devem ficar atentos às previsões nominais da Secretária do Tesouro Nacional (STN). Ela estima queda de 16% do FPM para o mês de setembro em relação ao mês de agosto deste ano. Essas previsões são nominais e, por isso, não consideram os efeitos da inflação. Contudo, como a sazonalidade do FPM no segundo semestre é inferior em relação aos resultados obtidos no primeiro semestre, a Confederação reitera que os prefeitos precisam ter cautela e boa gestão com os recursos municipais.
FONTE CNM
Read more

Governo leva ações de subsistência para famílias atingidas pela Barragem Acauã


O Governo do Estado está realizando diversas ações que buscam garantir a dignidade e subsistência das pessoas que moravam às margens do Rio Paraíba e foram deslocadas para outras áreas por causa da construção da Barragem de Acauã (Argemiro de Figueiredo), enfrentando problemas desde isolamento até a falta de abastecimento d’água. Entre as ações estão perfuração de poços, instalação de cisternas e Cartão Alimentação.
Nos municípios de Itatuba, Aroeiras e Natuba o Governo procurou atender as famílias com estas ações. Em Itatuba, por exemplo, foram instaladas 360 cisternas que representam um investimento superior a R$1 milhão. A comunidade rural de Melancia, localizada naquele município, foi uma das beneficiadas com a implantação de cisternas. A agricultora Maria José da Silva, de 58 anos de idade, explica a importância de ter um local hoje para armazenar água. “Essa cisterna foi uma benção! Quando não tinha ela aqui, a gente vivia comprando água. Passava um homem aqui na porta vendendo e toda semana a gente tinha que gastar dinheiro”, explicou.
Ainda em Melancia, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, em parceria com a Emater, está executando um projeto que visa à criação e abate de frango para garantir renda dos moradores da comunidade. Treze famílias integrantes da Associação dos Usuários de Água da Barragem de Acauã (Auaba) receberam 650 pintos vacinados e também ração para alimentação dos animais.
Depois que atingem a fase adulta, os frangos são abatidos e vendidos para a Prefeitura de Itatuba por uma média de R$ 12,00. José Eugênio da Silva, morador da comunidade e presidente da Auaba, destaca que a ação do Governo foi muito boa para garantir renda para as famílias. “É com a venda dos frangos que a gente consegue obter uma renda. Nós vendemos cada frango, em média, por R$12,00. Aqui mesmo nós criamos e abatemos o frango. Só temos a agradecer esse olhar que o Governo está tendo com a gente”, destacou.
No município de Natuba, a 159 km de João Pessoa, também foram instaladas cisternas. Na comunidade rural de Água Paba, o Governo, por meio da Diretoria de Recursos Minerais e Hidrogeologia (DRMH), fez a perfuração de um poço. O investimento no local foi de aproximadamente R$9 mil.
“Aqui não tinha água nem pra gente dar aos bichos. Para pegar água a gente tinha que pedir e esperar cerca de um mês para chegar uma carrada d’água. Agora acabou o sofrimento. O Governo teve essa sensibilidade com todos nós. Eu vejo como uma atitude de respeito conosco”, disse a moradora da comunidade, Ana Maria Marcelino.
Ainda em Natuba, as famílias foram contempladas com o Cartão Alimentação, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), no valor R$ 25,00, cujo valor pode ser utilizado pelas famílias beneficiadas para aquisição apenas de gêneros alimentícios, em estabelecimentos comerciais previamente cadastrados em cada município. A agricultora Eliane Gonçalves, de 34 anos, destaca que o cartão ajuda como um complemento para as compras de casa. “Pra mim foi uma ajuda muito boa, porque o que falta em casa eu completo com o cartão. Compro lanche para as crianças, e outras coisinhas”, destacou.
As ações do Governo do Estado para beneficiar os atingidos por barragens são acompanhadas de perto pelo Movimento Atingidos pela Barragem de Acauã (MAB). De acordo com Osvaldo Bernardo da Silva, coordenador do MAB, as ações do Governo vieram para trazer dignidade à população em um momento tão delicado para as famílias. “A barragem de Acauã foi construída entre os anos de 1999 e 2002 e durante todo esse processo de vários governos, essa população não teve atenção e nem visibilidade. Então, nós do MAB tivemos uma atenção especial em um momento de crise hídrica  que a gente passou, mas o Governo se esforçou para fazer ações. Ainda há muito para se fazer, mas o que já foi concedido para nós já é um bom começo”, afirmou Osvaldo.
Outra comunidade beneficiada pela ação do Governo é a comunidade Pedro Velho, localizada em Aroeiras, a 149 km de João Pessoa. Lá, cerca de 130 famílias também foram beneficiadas com cisternas, Cartão Alimentação, Programa Cidadania – que envolve a emissão de documentos pessoais e alguns serviços de embelezamento. Edvaldo de Brito, que também faz parte do MAB, falou das ações na comunidade  Pedro Velho.” O governador Ricardo Coutinho tem uma relação diferente com os movimentos sociais. Nós nunca tivemos isso em nenhum outro governo. Hoje a nossa comunidade foi beneficiada com diversas ações e acreditamos que outros projetos virão para nós. Isso é importante! Passamos por um momento muito delicado em nossas vidas e o mínimo que devemos ter é atenção dos governantes”, enfatizou.
Osvaldo Bernardo da Silva, presidente do MAB, ainda acrescenta que as pequenas ações que chegaram a todas essas comunidades fizeram a diferença na vida de muitas pessoas. “Eu nunca mais esqueço de uma frase que o Governador falou. Ele disse: ‘O governo também é feito de pequenas coisas grandes’. Então é isso que eu gostaria de enfatizar. As pessoas às vezes pensa que uma comunidade pequena, que possui até menos de 100 habitantes, não tem significado nenhum, mas para esse Governo nós fazemos toda a diferença. Temos poços, cartão alimentação, cisternas, tudo isso traz dignidade para nós. A gente está confiante de que muitas coisas ainda virão para beneficiar as comunidades”, afirmou Osvaldo.

Read more

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

ALUNOS ENTREVISTAM GOVERNADOR E FALA SOBRE CONCURSO



Os alunos da Escola Cidadã Integral Compositor Luiz Ramalho, situada em Mangabeira, João Pessoa, envolvidos no Projeto FILTECOM, coordenado pelo Professor Tiago Daniel, entrevistaram nesta manhã de quarta, dia 30 de agosto, o Governador Ricardo Coutinho.
Segundo informações obtidas, o Governador atendeu aos alunos em uma entrevista que durou aproximadamente uns 25 minutos, onde foram feitas várias perguntas através do aluno Evaristo matriculado 3º ano do Ensino Médio e que tem como meta, dentro da sua proposta do Pós Médio a de cursar jornalismo.
Evaristo indagou o chefe do Executivo Estadual, entre outras pergunta, sobre a possibilidade da realização de concurso público para o cargo de professor da rede Estadual de Educação, que respondeu sinalizando está se programando para efetivar essa realidade da abertura de edital do concurso que promoverá a contratação de novos professores.
Para Evaristo, a experiência de poder vivenciar o Projeto FILTECOM, tem sido única em sua vida de estudante e que o mesmo está aproveitando o máximo para se nutrir de informações precisa que irá lhe ajudar na preparação para o ENEM.
O professor e advogado Tiago Daniel, coordenador do projeto explicou que o objetivo principal é o de promover conhecimentos utilizando a Filosofia a Tecnologia e a Comunicação como mecanismos para o crescimento estrutural na aprendizagem cotidiana do alunado, já que a ferramenta disponível está 24 horas nas mãos dos alunos, que é a Web.

Caio Simplício
Aroeiras Hoje
Read more

terça-feira, 25 de julho de 2017

X Ano de comemoração ao dia do Evangélico na Cidade de Aroeiras

O convite é feito em nome do CIEMA(Conselho das Igrejas Evangélicas do Município de Aroeiras), sobre a responsabilidade do Pastor José Raimundo (Pastor da AD Aroeiras), hoje presidente da entidade mencionada acima.
O feriado do Dia do Evangélico, estará este comemorando o seu X ano de existência. Instituído através de um decreto Lei Legislativo da Câmara Municipal, de propositura do então vereador Dr. Zepp (ex prefeito de Aroeiras) e sancionado pelo Prefeito da época, o senhor Francisco Marque( Chicão), a data hoje faz parte do calendário dos feriados mais comemorados do Município.
Vejamos a programação:
07 ás 08 horas - Motorreata pelas ruas da cidade;
09:00 horas - Desfiles pelas principais ruas da cidade composta pela seguinte ordem:

  • Abertura com o carro da Política Militar da Paraíba;
  • Pelotão das Bandeiras;
  • A Bíblia;
  • Estandarte do CIEMA;
  • Pelotão da Banda KADOCHE, da Igreja Ev Assembléia de Deus de Orobó, PE;
  • Pelotão dos Pastores e Obreiros;
  • Pelotão das crianças; 
  • Pelotão das irmãs;
  • Pelotão da juventude e adolescentes;
  • Trio Elétrico com cantores e bandas;
  • Pelotão das motos.

11;00 horas - Momento solene com a Banda KADOCHE;
- Pregador Pastor Daniel Carlos da Assembléia de Deus de Campina Grande;
14 às 17 horas - Louvor com a dupla Canção e Louvor, mensagem da palavra de Deus com o Pastor Joel Lacerda da Assembléia de Deus de Campina Grande;
19 às 22 horas - culto de gratidão a Deus, participação da Dupla Canção e Louvor, pregador da noite Pastor Daniel Nunes da Silva presidente do COMEAD, Campina Grande.
Caio Simplício
Aroeiras Hoje.
Read more

Luiz Couto defende manifestações em toda a Paraíba em prol de Diretas Já

Na última sexta-feira, 21, o deputado federal Luiz Couto (PT-PB) participou de um grande comício e ato político-cultural pelas Diretas Já no Ponto de Cem Réis, em João Pessoa. Ao lado dele, muitas lideranças nacionais e estaduais, além de artistas, se fizeram presentes ao evento, que foi um protesto às medidas impopulares e que retiram direitos dos trabalhadores adotadas pelo presidente Michel Temer (PMDB). No entendimento dos manifestantes, ele deve ser retirado do cargo por causa de seu envolvimento com corrupção e, consequentemente, devem ser convocadas eleições diretas para escolher o substituto. 

Couto discursou para a multidão e enfatizou as falsas promessas feitas à época do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT): "Eles afundaram nosso País. Disseram que iam resolver tudo, que ia ser um paraíso, com a vinda desse presidente usurpador e golpista que agora é chefe da quadrilha que chefia esse país", disse o deputado petista. 

Ele ainda defendeu que haja novas mobilizações populares para expressar  a revolta do povo com o atual governo e discutir propostas para o desenvolvimento do Brasil: "É preciso que a gente se prepare para eleições diretas já! Nós precisamos construir um projeto junto com a sociedade toda, os parlamentares, os governadores... para poder recuperar o país e tirá-lo do atoleiro em que foi colocado pela quadrilha que aí está. Proponho que façamos manifestações em todas as regiões deste Estado porque o povo precisa reagir, resistir e tem que lutar para avançar, senão este governo vai continuar nos oprimindo". 

Além de Luiz Couto, participaram do comício os senadores Gleisi Hoffmann (presidente do PT nacional), Fátima Bezerra (PT-RN), Roberto Requião (PMDB-PR), João Capiberibe (PSB-AP) e Lindbergh Farias (PT-RJ), bem como os deputados federais Janete Capiberibe (PSB-AP) e Damião Feliciano (PDT-PB), além do governador Ricardo Coutinho (PSB) e dos deputados estaduais Estela Bezerra (PSB), Anísio Maia (PT), Frei Anastácio (PT) e Jeová Campos (PSB). Os vereadores Marcos Henriques (PT) e Sandra Marrocos (PSB) também prestigiaram o evento.


Ascom do Dep. Luiz Couto
Read more

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Prefeito de Bayeux é preso em flagrante por ‘extorsão’


O prefeito de Bayeux, Berg Lima (Podemos), foi preso em flagrante na tarde desta quarta-feira (05) durante operação da Polícia Civil e Grupo de Ações Especiais Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba. Ele foi autuado por peculato e corrupção passiva.
O gestor foi flagrado em um restaurante do município extorquindo um empresário que é fornecedor da Prefeitura. Ele foi autuado por corrupção passiva.
Berg Lima estava sendo investigado há 40 dias pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), após o empresário denunciar que era vítima de extorsão.
Ele foi encaminhado para o Instituto de Polícia Científica (IPC), fez exame de corpo delito, foi transferido para a sede do Gaeco e prestou depoimento na Central de Polícia.
O prefeito foi levado para o Tribunal de Justiça para audiência de custódia que definirá se ele permanecerá detido. Berg Lima e a Prefeitura de Bayeux ainda não se pronunciaram sobre a prisão.
Fonte
Mais PB
Read more

terça-feira, 4 de julho de 2017

Mais uma madrugada violenta em Aroeiras


Já se foram dezenas de anos em que nossas portas simplesmente ficavam encostadas com um pano para irmos ao baile no club velho, enquanto nossos pais dormiam o sono da tranquilidade, pois sabiam que tudo iria correr bem.
Pois bem, essa já não é mais a cena que nutria nossa juventude e nem nutri a dos nossos filhos, pois nesta madrugada do dia 04 de julho, por volta de 01:00 hora, uma quadrilha, bem armada aterrorizou nossa cidade.
A cena de bang bang, ocorreu em quase todas as ruas da cidade, tudo isso para que a mesma explodisse o caixa eletrônico da agência do Bradesco, a unica que restou.
Se levaram alguma coisas, ainda não se sabe, mas o estrago e o tiroteio que amedrontou a cidade foi enorme, isso nós temos certeza!
O prejuízo é grande, mas não tão grande quanto a sensação de insegurança a que passa nossa linda cidade e o nosso belo município.
Cobrar o que e a quem é uma das coisas mais difíceis que se possa fazer. Entender e se acostumar com isso, nos provoca uma sensação e um sentimento de angustia e revolta. O "Estado recuado e covarde" , esse é o nosso sentimento.
Que Deus possa ter misericórdia de nós!
Caio e Tiago Simplicio.
Blog Aroeiras Hoje

Read more

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Quem deve receber? Aposentados e exonerados tem direito ao rateio?

Após o anuncio através da imprensa nacional de que as ações impetradas pelos Municípios brasileiros com vistas a receberem os retroativos referentes aos reajustes do FUNDEF, entre os anos 2004,2005 e 2006, tem gerado grandes especulações em torno da utilização desses valores por parte dos entes federados.
Muitas ações foram peticionadas na esfera judicial, com vista a garantir o efetivo rateio por parte dos gestores municipais diretamente aos professores do quado de cada município.
O debate não para de crescer sobre as frequentes dúvidas, e vários Sindicatos, Câmaras e Prefeituras, espalhadas pelo Brasil, realizaram audiências públicas com vistas a sanarem essas dúvidas, como foi o caso do Município de Barbalha, que definiu, em consenso, ratearem os 60% com os professores.
Nas audiências realizadas em Barbalha, foi criada uma comissão para analisar quem realmente tem direito ao rateio, pois no levantamento que está sendo feito, terão direito ao beneficio os aposentados e aqueles que deixaram o serviço público, por motivos diversos, mas que entre 2004 a 2006, estavam em sala de aulas.
Vejamos o que diz a imprensa sobre o assunto:

"A Lei do Fundef ( Lei 9424/1996): “Art. 7º Os recursos do Fundo, incluída a complementação da União, quando for o caso, serão utilizados pelos Estados, Distrito Federal e Municípios, assegurados, pelo menos, 60% (sessenta por cento) para a remuneração dos profissionais do Magistério, em efetivo exercício de suas atividades no ensino fundamental público.” Ou seja, de todos os recursos do FUNDEF, no mínimo, 60% deve ser destinado ao pagamento da remuneração dos profissionais do Magistério. Importante esclarecer que a lei fala que 60% de todo o Fundo. Assim, para chegarmos ao valor real que é devido para pagamento de remuneração (60% do total) será necessário identificar quais valores do montante total do Precatório é destinado a cada um dos anos objeto da Ação do Município, e somar aos valores que nos respectivos anos entraram efetivamente no FUNDEF. Só assim, será possível identificar qual percentual dos valores do Precatório que o Município irá receber deve ser destinado ao pagamento de remuneração, que pode ser mais ou menos de 60%. 
Portanto, antes de tudo é preciso fazer essa conta, é importante abrir uma discussão entre o Município, a entidade representativa dos professores, o Ministério Público e o Tribunal de Contas, de forma que possa desde a entrada dos valores haver uma fiscalização efetiva da destinação desses recursos, com a estrita observância da legislação que rege a matéria. Quanto à obrigatoriedade do rateio dos 60% do total do FUNDEF, incluída a complementação da União, entre os professores, não há na Lei essa previsão. O que a Lei prevê é que os 60% tem que ser obrigatoriamente gastos com Remuneração dos Professores. Sindifor". 

Caio Simplício
Blog Aroeiras Hoje










Read more